quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

  Primeiramente, gostaria de dizer que este drama foi indicação da minha amiga Lu do Dramas Otaku. Então, logicamente, eu tinha que abrir um espaço todo especial na minha lista lotaaaaaaaaada pra colocar Reply 1997 na frente. Bom, o que é mais surpreendente é eu assistir dois dramas colegiais seguidos o.O  E não, não fui abduzida por alienígenas. Logo eu, que tenho tanto, mas tanto receio de assisti-los. Confesso que à princípio o drama não me chamou muito a atenção. Eu comecei a assistir e não estava gostando muito. MASSSSS, a cada episódio ele foi me ganhando, me ganhando e me ganhando...in the end, I Love it! Então, eu fiz esse post com todo carinho totalmente dedicado a ela.! Lu, esse post é pra você!!!Vamos aos comentários? 


Sinopse: Esse drama vai focar na cultura do fanatismo extremo que emergiu nos anos 90 quando os grupos de idols tomaram conta dos palcos e o  K-pop estava florescendo.A história é formada por 6 amigos colegiais de uma escola em Busan que voltam a se encontrar em 2012 e isso traz de volta as memórias de 1997, quando eles eram ainda estudantes. Voltando naquela época e para agora entre os anos 90 e hoje, a história centra na vida de Sung Shi Won que é fanática pela boyband H.O.T. e seus 5 amigos de escola.

O que mais me chamou a atenção neste drama foi o seu ar nostálgico. De repente, você se vê envolto num drama que nos leva como que numa máquina no tempo aos anos 90. Durante os anos 90 eu era pura e simplesmente uma criança. Mas claro, você se lembra de tudo aquilo que você viveu, das músicas que faziam sucesso, as roupas que usávamos. O legal de Reply 1997 é que ele nos relembra da nossa adolescência independentemente do ano em que a vivenciamos. De todas as descobertas, vícios, revoltas, TUDO! E nos lembra também que com o passar dos anos as coisas mudam: cada um segue seu rumo... muitas vezes perdemos o contato, mas sim, sentimos saudades. Lendo o post que a minha amiga Lu fez, ela fala de uma coisa muito importante e que vale a pena ressaltar: não queiram dar um salto tão grande para o futuro, não queiram antecipar a vida adulta. O mundo dos adultos é muito chato e é muito difícil ter que se tornar um. O colégio sempre será uma ótima época na vida de vocês.  Na vida de nós todos. (claro que a vida escolar também relembra tempos difíceis, hauahauhaua, minha vida escolar não foi fácil). Acredite, faculdade não é nada fácil. Muitas responsabilidades virão, MUITAS! E quando você menos esperar, você estará relembrando com amor "os acontecimentos de 1997"... uma metáfora que nos permite inferir o quanto, mas o quanto dá saudade da escola, dos amigos que fizemos, das loucuras que praticamos, dos ídolos que amamos, etc. E, infelizmente, nunquinha nunquinha poderemos voltar a esses velhos tempos. O primeiro amor ficará pura e simplesmente na memória... aquela lembrança tão magicamente doce e inocente de quem nós éramos. 
Sung Shi-Won: Sem dúvidas, minha personagem predileta. Adorava os surtos dela. Adorava como ela era viciada em H.O.T. De repente nos envolvemos naquela memória de fãs malucas. Quem nunca? Hoje em dia eu sou uma fã maluca? Claramente, mas com moderação. A idade nos leva a "manerar". Shi-Won traz a recordação daquela nossa fase  repleta de exageros. Desde criança eu tive um lado nerd, então eu sempre gostei de Star Wars...passei minha adolescência inteira sendo fã como uma louca e eu me vi muito nela. Hoje eu sou mais calma (risos). Mas Reply 1997 é isso.


O drama nos leva de volta no tempo e puxa do nosso cérebro e dos nossos corações as lembranças mais profundas e encantadoras. Agora falando das atribuições da personagem em si... nossa! Como ela era louca e ao mesmo tempo encantadora. <3' Eu não conhecia a atriz e ela fez com que eu me apaixonasse de cara pelas suas expressões e jeitinho de interpretar. E é muito difícil eu já gostar de cara de alguém. Sempre rola minha implicância básica. E nossa, diante de determinadas personalidades, muitos adolescentes também "berram" bastante para conseguir o que querem, não é verdade?! Com a Shi-Won não foi diferente. A personagem levou um tempinho para amdurecer, para se tornar mulher, para descobrir o amor e descobrir a si mesma. É muito legal perceber o "amadurecimento" das personagens <3' Foi muito bacana acompanhar essa personagem em si. Ela se tornou a minha queridinha do drama.

Yoon Yoon-Je: Para mim, o personagem menos cativantem, interpretado  pelo ator mais sem futuro. Desculpa gente, mas ele tinha a MESMA expressão o tempo todo. Ele feliz, ele triste, ele cansado, ele com sono...sempre a mesma expressão. huahauahaua (sim, sou chata!). Tirando o meu incômodo nítido com o ator, falemos das atribuições da personagem. Quando ele finalmente se percebeu homem, a mulher que ele gostava ainda não estava preparada para receber os seus sentimentos. Então, com medo, e sim, o medo é personagem fundamental na adolescência, ele resolve ocultar os seus sentimentos, abrindo espaço para outro, claro, porque isso sempre acontece. É chato, mas acontece. 
O gostoso de Replay é que o drama nos deixa sempre com uma pontinha de dúvida. Impossível saber com quem ela realmente vai terminar. Mas eu tenho um feeling e sempre sei (risos). A adolescência também é uma fase de escolhas...e é muito, mas muito difícil escolher. Nossos pais às vezes querem que façamos algo específico que eles sonharam para nós quando entramos na faculdade, mas nem sempre isso acontece e acabamos por seguir outros rumos anteriormente nunca previstos. Esse personagem também nos traz essa idéia. E o romance dos dois foi super fofinho. Mals abiam eles que iriam se tornar espelllos dos próprios pais.
Mo Yoo-Jung e Do Hak-Chan: Mais uma vez, me apaixonei pelos personagens secundários. Esse casal foi a coisa mais fofa de Replay 1997. Sempre tem aquela menina toda "para frente" que parece indestemida e forte, mas sempre carrega suas fraquezas e tem seus medos também. Replay traz mais uma forte impressão com ela, nos apresentando personagens, de fato, HUMANOS! Hak-Chan só não era tímido com suas pornografias, mas ele era incrivelmente tímido com mulheres "de verdade", alcançáveis, tocáveis. E claro, ele também possuía medos. Medo de enfrentar os pais, encarar a realidade. Sempre tem as pessoas que são mais passivas e não tem a coragem para "enfrentar". 
Kang Joon-Hee: Personagem que mais me deixou angustiada. A adolescência de fato é um período de descobertas, de aceitação. E com Joon-Hee nós temos mais uma vez a apresentação de outro tema: a sexualidade. A dificuldade de se assumir, de se expor, de revelar seus sentimentos. Ele se sentiu preso diante de um sentimento, engaiolado, sem saída. E a dificuldade que outros tem de aceitar? Isso é o mais difícil de fato. principalmente quando aquelas pessoas que mais presamos não encaram a realidade e não aceitam. Tive vontade de trucidar o  Yoon-Je por conta do que ele fazia o Joon-Hee passar. O pobre coitado só se apaixonava mais e mais. Masss, com a maturidade, vem a percepção do que realmente há pra se perceber...e mais uma porta é aberta. A porta da aceitação e libertação. Muito bacana esse aspecto. E claro, quando o primeiro amor se vai, devemos abrir outra porta no coração... "pode ser a primeira vez ou última vez..".
Bang Sung-Jae: último integrante desse grupo de amigos e não menos importante. Tipicamente bobão, mas um amigo e tanto. Sung-Jae era "pau para toda obra". Era com ele que eu me acabava de rir. Com ele e com aquele bode que realmente dava o ar de sua "berrice" quando literalmente alguma coisa "dava bode" e nossa, como eu ri.


Tae-Woong: Já falei que o legal de Replay é você ir descobrindo aos poucos os acontecimentos? Bom, quem é esta mulher misteriosa da foto?! Melhor vocês descobrirem por si mesmos. Tae-Woong era um personagem diferente. Diferente no sentido de eu não saber de jeito nenhum o que se passava na cabeça dele. Eu achei que ele confundiu alguns sentimentos. Você ser adulto não quer dizer que você detenha 100% de conhecimento de mundo. Não, também erramos e acertamos. Nada é perfeito no nosso mundo. Não somos obrigados a desvendar tudo. Estamos sempre em desenvolvimento e aprendendo mais e mais. Isso vale para todos.
Sung Dong-Il e Lee Il-Hwa: Os pais mais maluquinhos da história dos doramas. Este casal me ganhou. Foi o melhor do drama. Bem bacana como foram apresentando a história dos dois também, porque o sentimento de conhecer um pouco da história de cada um nasce naturalmente. Eles brigavam o tempo todo. Mas sinceramente, dá pra perceber quando o casal é puro amor. <3' Eu simplesmente amei cada segundo de cena com esses dois. Sung Dong-Il representou o típico pai que berra, berra e berra com a filha, reprime e tudo mais ,mas enche de carinho e amor e morre de saudades quando a filha deixa a casa. O amor desse pai era notável a quilômetros de distância. E a relação entre esses dois é o que de fato acontece entre muitos pais e filhas. Há incompreensões e desentendimentos. Mas, às vezes, só nos damos conta disso quando acontece algum acontecimento muito marcante ou quando amadurecemos mais. As cenas deles dois brigando, dele cortando os cabelos dela eram muito bacanas. 
Infelizmente, o post está chegando ao fim. Mas calma, não precisam berrar como a Shi-Won, logo logo tem mais pra vocês. Meus posts estão que nem os da Alayana, cheios de gif, hauahauahauah tô pegando a mania dela. Então, deu para sentir quantos motivos existem para assistir Reply 1997? Lu, valeu a pena amiga. Eu realmente adorei. Reply 1997 é um drama bom, que nos faz sentir esse ar todo nostálgico da nossa adolescência. O download do drama pode ser feito no Ohayo Dramas Fansub.

Espero que vocês que estão visitando o blog e leram o post até o fim comentem e falem um pouco da opinião de vocês a respeito do drama e do post. É super fácil de comentar, vocês podem selecionar o perfil anônimo sem nenhum problema. Ah, curtam também a nossa página no facebook (CLIQUE AQUI). Esse é o meu primeiro post do ano e espero do fundo do meu coração que gostem! :))





Sim, há beijos dignos!

Reações:
Posted by Cecília On 00:27 10 comments

10 comentários:

  1. Amei o post! Bem completinho e esse drama é muito , muuuuito, muuuito saudosista e muito perfeitinho. <3

    ResponderExcluir
  2. AH... sou suspeita eu amei esse drama e post tá muito legal.
    1997 é isso é divertido,suave, emocionante , nostálgico que trás um ar de real dilemas que qualquer um pode viver, e isso trona o drama tão legal a simplicidade e modo como é contado também faz a maior diferença, deixando a gente na expectativa.
    E tem beijos dignos muito importante

    ResponderExcluir
  3. Olha, eu tornei-me fã incondicional do escritor, depois do reply me 1997 e Reply me 1994. Voltei no tempo da minha infância e a nostalgia foi tanta que Reply sempre terá um lugar especial no meu coração. Lindo o dorama!!

    ResponderExcluir
  4. vou chorar q vc não gosta do Seo In Guk T.T mas por outro lado diferente da chata da Lu vc gostou do Kang Joon-Hee. Que bom que vc gostou do drama, e recomendo que vc veja o "Reply 1994", falta o último ep para mim e ainda to angustiada com quem a menina ficará, o jeito da história é o mesmo do de 1997 mas não é uma cópia, e não é colegial é faculdade, e tem participação especial do elenco de 1997 (muito fofo).

    ResponderExcluir
  5. ASUAHSUAHSAUSHUASHA CALA BOCA LORENA.

    Então ceci voltando para nós, QUE BOM Q VC GOSTOU, não foi aquele "gostou" tipo melhor drama da minha vida, mas gostou isso q importa q-
    Bom eu não vou discutir com vc sobre atores, pq respeito sua opinião ( e eu gosto do cabra ) e vamos evitar brigas UASHUASHUASHAUS mas eu sempre curti suas resenhas por isso ceci, vc fla TUDO sem ter medo de ser feliz To sendo mais assim agora, não fico mais botando panos quentes não AUSHAUSHAUSHUASH

    E cara vc que quase nunca botava gifs agr ta pegando nosso estilinho de post de gifs imagens pro lado e pans UHAUSHAUSHAUSHUASHSUAS é um vício né?
    Não sei como vc conseguiu viver até hoje sem eporcalhar de gifs.

    No mais, AMEI o post <3 Obrigada pela dedicatória!!

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho opiniões contrarias sobre esse drama kkkk por um lado eu gostei, mas por outro... na verdade a Shi Won me irritou muito no decorrer do drama, um por não perceber os sentimentos do meu fofo Yoon Je e segundo por maltrata-lo, mas quando ela finalmente vai mudando e deixando de ser imatura eu comecei a gostar dela e sem falar que a amizade dela com o Joon Hee era linda. Outro personagem que eu amava, ele como o Yoon Je era pura fofura e nessa hora que eu queria que rolasse um Yaoi no drama kkkkk
    O casal secundário foi puro amor, amei de mais esses dois, ele era tão tímido e tão engraçado ao msm tempo kkkk amei, amei amei
    Enfim, o drama é bom sim e eu recomendo, só quero ver se Reply 1994 será tão bom, ah tem o meu lindo Baro no elenco então deve ser sim kkkk
    Parabéns pelo primeiro post do ano ^^

    ResponderExcluir
  7. "A história centra na vida de Sung Shi Won que é fanática pela boyband H.O.T. e seus 5 amigos de escola." Um dia contaremos uma história assim hahahaha...
    Também tenho esse problema, Ceci. Dramas colegiais não costumam chamar a minha atenção /tenho que parar com isso hehehe/, mas duas recomendações seguidas assim só pode significar coisa boa *3*

    Obg pelo post,

    bjus.

    cm

    ResponderExcluir
  8. Reply 1997 é um dos meus favoritos! Por causa dele passei a seguir a EunJi loucamente procurando por dramas dela. Sem falar que nas bandas citadas no drama! Eu viciei demais, comecei a escutar H.O.T loucamente. Estava pensando em ver o de 1994 mas estou com um pouco de receio de não gostar tanto quanto o primeiro....
    Enfim passei aqui pra te avisar que aceito sim a parceria, fico feliz que queira fazer a parceria! Seu link já está lá no blog. ^3^ bjs

    http://itsnyah-nyah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Amiga, que bom ver vc abrindo seus horizontes e começando a apreciar dramas colegias! Não condene todos por conta de alguns! Reply 1997 é um ótimo exemplo e sai do clichê que estamos acostumadas, nos deixando bem nostálgicas né?! OMG! Me identifiquei tanto com esse drama! Quando vi em 2012 não conhecia praticamente nenhum dos atores, hoje são queridos, até o que vc acha chata, o fofo Seo In Guk que gostei desde Love Rain. Conheci a fofa da Eun Ji aí tbm! Que linda né?! Amei a Shi Won dela e cada vez mais estou virando fã dessa garota, vejo até MV's do grupo dela - A-Pink - hoje em dia e ela participa de um dos melhores dramas de 2013 - That Winter, That Wind Blows - o qual você precisa conferir tbm! Não vou falar de todos, mas amei todos os personagens! O casal secundário foi uma fofura a parte! MORRI de raiva do irmão mais velho lá do principal,ele ñ me desceu msm! E ADOREI os pais maluquinhos! Fiquei mais animada ao saber que estão no Reply 1994! KKKKKKKKKKKKKKKKKK Enfim, adorei o post! Parabéns! E que ótimo que vc gostou, esse sabia que vc ia curtir sim!

    ResponderExcluir
  10. Meu Deus, eu adorei esse drama, a personagem principal é uma das mocinhas mais loucas que já vi, poxaa quando ela dava aqueles ataques doido de fangirl eu chorava de ri, quando o pai dela usou a capa eu ri demais, sem falar na hora do parto que foi aquilo eu ri muito.
    Ainda bem que ela achou um cara que combinasse bem com ela, eu ainda fiquei na duvida de quem seria o marido dela, mas ainda bem que ela ficou com o carinha certo.
    Um ótimo drama eu adorei :3

    ResponderExcluir

Gente, o comentário de vocês é muito importante! hihi Aguardo ansiosamente pela opinião de vocês ;)

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube