terça-feira, 25 de setembro de 2012

  Olá galerinha! Como vocês sabem, a frequência dos meus posts não é tão intensa durante o período em que tenho que me dedicar à faculdade. Mas, sempre que possível estarei trazendo novidades pra vocês. E hoje eu trago: Casa Vazia (foi um filme que assisti há algum tempo e nunca realizei um post, que pecado!). Bom, vocês tem o conhecimento de que sou uma grande fã de Ki Duk Kim e eu não poderia deixar de comentar sobre este filme que é um de seus grandes trabalhos.! Vamos lá? Vai ser um post curtinho, eu prometo!

  Primeiramente eu gostaria de dizer que acredito que muitos tenham dificuldades para assistir filmes monótonos como este, mas sinceramente... a essência é recompensante! Um filme desses é pra ser passado de geração em geração! Vamos lá galera...vamos curtir cinema de verdade *-* ! \o



Sinopse: 
Um jovem vagabundo invade a casa de estranhos e mora nelas enquanto os donos estão fora. Para pagar a estadia ele realiza pequenos consertos ou faz limpeza na casa. Ele costuma ficar um ou dois dias em cada lugar, trocando de casa constantemente. Até que um dia encontra uma bela mulher em uma mansão, que assim como ele também está tentando escapar da vida que leva.



  O que dizer dessa obra de arte? Como sempre Ki Duk Kim cria o cenário perfeito com uma trilha sonora adequada e dessa vez ele os utiliza pra falar sobre o vazio humano. Às vezes o seu mundo pode estar completo, mas dentro de você há um vazio imenso. Como sempre, Ki Duk Kim não se utiliza de muitos diálogos, pois ele faz uso de um silêncio que grita. Um filme extremamente poético e que deve ser sentido verdadeiramente. E os filmes dele, em geral, possuem todos esta essência de te fazer perceber as condições humanas em questão através de suas belíssimas metáforas.


  Quando o filme terminou, eu me peguei pensando e refletindo sobre várias situações diferentes do filme. A sensibilidade e a poesia que transbordam te tocam profundamente durante toda a trama. A cada segundo o roteiro te surpreende. Podem aguardar muitos simbolismos e metáforas. Frase de efeito do filme: "It's hard to tell that the world we live in is either a reality or a dream." Nossa, chego a arrepiar-me!



  O nosso "habitante de casas" (recordem da sinopse!) se mostra como o habitante que chega para preencher o vazio de nossa protagonista e isso é muito bonito: ele não habita a 'casa' de nossa protagonista simplesmente por habitar, ele habita e ainda presta-lhe um grande favor, o de completá-la por inteiro. As casas que na verdade ele visitava já estavam completas com seus donos e, ao prestar-lhes alguns favores, ele partia em busca da próxima casa até que encontrou aquela em que ele deveria habitar verdadeiramente. 



  Chega de dicas da interpretação do filme. Vocês precisam senti-lo por si sós. Essa é a arte de Ki Duk Kim. Quem sabe você não tem outra interpretação? Eu recomendo que vocês confiram este filmaço! Bom, eu fiz o downlaod no Filmes com legenda, mas não encontrei a página ativa infelizmente. Procurei em outros sites e achei em torrent no A Privada Cult. Não sei se está funcionando, mas tentem! Se alguém souber de algum outro lugar em que possa ser feito o download comentem aqui! Também encontrei no Laranja Psicodélica! Eu desejo um bom filme pra vocês! Comentem, curtam nossa página e até a próxima!
Reações:
Posted by Cecília On 20:32 4 comments

4 comentários:

  1. Daniela Schroff Machado25 de setembro de 2012 23:28

    Amiga, já tô baixando, hein. :)
    Parece intensa a história... Adoro filmes assim! ^^

    ResponderExcluir
  2. Adoro quando dão dica do filme e colocam onde encontrar, detesto quem me deixa curiosa e depois some, srssr, parece ser realmente um otimo filme, pretendo assistir sim, obrigado pela dica e pelo link

    ResponderExcluir
  3. Ceci, você escreve tão bem né amiga?! \o/ Parabéns pela crítica! Realmente me deixou curiosa para ver esse filme que parece ser diferente e interessante! Atualmente estou com vários filmes gravados aqui que ainda não vi, mas logo pretendo ver Casa Vazia, ok?!

    Boa sorte na facu!!!!! Já passei por isso e sei o quanto é puxado! *_*

    ResponderExcluir
  4. Como vc faz um tempo q assisti este filme, e me lembro de várias cenas, e de como fiquei tocada por elas. O modo como os protagonistas interpretaram este "caso de amor" na vdd não seria isso, é como disse, ele veio para fazê-la se sentir completa, mas sem se impor. É algo diferente, algo incomum e q foge das formalidades da sociedade. E gostei q ele colocou este ponto da visão da sociedade, com ele sendo preso e de como o personagem reagia a essa punição, pois ele não a aceitava, pois para ele era normal. A forma que o Ki Duk Kim encaixa essas excentricidades, nos fazem q questionemos a sociedade sem sua opinião (diretor) imposta, pois do seu jeito brando ele faz com q acabemos fazendo isso. Ele nos instiga e intriga de um jeito q só ele sabe fazer. É realmente tocante... AH e é claro, minha paixão Jae Hee arrasando neste filme, adoro este ator, ele é brilhante...

    ResponderExcluir

Gente, o comentário de vocês é muito importante! hihi Aguardo ansiosamente pela opinião de vocês ;)

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube